Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA…

Mäyjo, 18.05.11

Amanhã vamos ao Jardim Buddha Eden e há coincidências, esta semana foi a lua cheia de Maio; então aqui fica uma curiosidade budista!

 

 

PORQUÊ MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA?

 

Simplesmente, tudo na vida tem um propósito, até mesmo aquilo que não se pode entender nem racionalizar devidamente e de acordo com as regras da linguística, semântica, da objectividade, da percepção humana nos entido do contacto entre os seres. Todavia, quando explanadas as pseudo ignorâncias, ou melhor, faltas de informação sobre determinado assunto, quer no singular ou no plural, tantos os homens como as mulheres ganham a dimensão que se pode muito bem designar por “percepção correcta”, que um dos maiores princípios da libertação da humanidade.

Este é o Festival Internacional de Buddha, o Iluminado, aquele que é, também, compreendido como intermediário entre o Centro Espiritual mais elevado que neste momento existe, conhecido por SHAMBALLA, e as Hierarquias existentes no nosso Universo e Galáxia. Este é, objectivamente, o Grande Festival do Oriente, fixado anualmente e de acordo com a Lua-Cheia do Mês de Maio.

Hoje é mais um daqueles dias especiais, que se descobre através do mundo sensorial, e que nos permite ir para além dos “sensores” a que estamos habituados, designados por “sentidos”. É o Plenilúnio de Maio, no qual, a Lua vive a sua maior amplitude, e todos nós unidos a isso temos de forma singular e muito particular a oportunidade de comemorar mais um Festival de Wesak, isto é, a Festa da Iluminação, que o Senhor Buddha trouxe até ao nosso coração físico e espiritual; esta é a época do ano em que Buddha produz um poderoso e directo contacto energético com a humanidade. Este festival existe desde 1900, por directa aspiração da Grande Hierarquia da Luz, para comunicar à humanidade que a experiência da eternidade é possível a qualquer um de nós, sem excepção, pois, através de dois grandes seres, Buddha e Cristo, que pertencem ao 2º raio, que é o do Amor Incondicional e da Sabedoria, podemos conhecer o Caminho da Iluminação.

Ainda relativamente ao que já foi dito aqui, o Ritmo Plenilunar é empregado para determinar as datas das meditações já que circunscreve o tempo mensal em que o impacto das divinas energias da Luz, do Amor e do Poder Cósmico é mais forte e pode ser arrolado pelos grupos e irradiado dentro da consciência humana.

 

Então, o que pode e deve ser ser realizado em cada Lua-Cheia de Touro?

 

 

1. A libertação de certas energias ou potências que podem influenciar poderosamente a humanidade, e que, se desobstruídas, estimularão o espírito do Amor, da Fraternidade e da Boa Vontade nesta nossa Mãe Terra que tanto sofre por via dos seus amados filhos incompatibilizados. Estas energias são tão definidas e autênticas como são as de que se ocupa a própria ciência que as designa de “raios cósmicos”.

 

2. A fusão de todos os Homens e Mulheres de Boa Vontade no Mundo num todo assimilado e harmonizado com a capacidade de resposta.

 

3. O apelo e a réplica de certos Grandes Seres, cujo espectacular trabalho pode ser, e será sempre exequível, se o primeiro destes objectivos for atingido, graças à realização do segundo objectivo anteriormente apresentado. Meditem, pois, Irmãos, Amigos, Discípulos, Pupilos, Companheiros de Jornada nesta síntese dos três objectivos que aqui humildemente vos apresento. Não importa por que nome estas Forças Vivas sejam apelidadas, pois é inteiramente imaterial este aspecto. Podem ser consideradas como os vice-regentes do Indizível, do Creador, do Divino, que podem e contribuirão com o Espírito da Vida Integrativa e de Amor sobre o nosso Planeta, neste no qual vivemos, nos movemos e temos o nosso Ser sempre disposto a ser desperto.

 

4. A evocação de uma actividade dinâmica e centralizada do lado interno, que é realizada pela Hierarquia dos Mestres Ascensionados e por Ascender, por essas fabulosa e divinas Mentes Iluminadas às quais foi confiado o trabalho da direcção do mundo.

 

Aqui está o que é o WESAK, para que serve, e qual a sua verdadeira finalidade no presente!

 

SINTONIZEM-SE, e o vosso Eu Superior manifestar-se-á!

 

 

OM SHANTI!

 

 

Por Carlos Amaral